Blog do Pessoa: Exclusivo: Diálogos de posse da PF mostram engenheiro de Cajueiro da Praia insinuando o “da merenda"


8 de jun. de 2024

Exclusivo: Diálogos de posse da PF mostram engenheiro de Cajueiro da Praia insinuando o “da merenda"

A Polícia Federal, no âmbito de representação encaminhada ao Judiciário, destacou o que tachou de “conversas julgadas importantes” entre o empresário Mauri Antônio Ferreira Filho - sócio administrador da empresa Renove Propriedades e Gestão Urbana LTDA - Programa Minha Casa Legal e Juliano Roberto Morais Costa, engenheiro da prefeitura de Cajueiro da Praia e que seria homem de confiança do prefeito do município Felipe de Carvalho Ribeiro, vez que ocupa cargo comissionado.

Como já divulgado pelo Blog Bastidores, do 180graus.com, a empresa Renove Propriedades e Gestão Urbana LTDA - Programa Minha Casa Legal, firmou Termo de Cooperação nº 001/2022 com a prefeitura municipal tendo por objeto a regularização fundiária dos imóveis das áreas contempladas pelo REURB. Detalhe: a investigação da Polícia Federal não identificou procedimento licitatório, dispensa e inexigibilidade do Termo firmado entre a prefeitura e a empresa, fundada em outubro de 2018.

Nesse contexto, a Polícia Federal destacou, com base no que achou no WhatsApp do empresário ainda na primeira fase ostensiva da Operação Tratado de Tordesilhas, que no dia 30 de junho de 2023, Juliano passava por algumas cobranças por parte de Mauri para emissão de taxas de IPTU e licença de obras para Deysiane Sousa de Lima. E que após emissões de tais documentos, no dia 30 de junho de 2023, Mauri envia um áudio para Juliano no qual o cobra para que seja gerado o número do alvará, visando a fixação da placa de obras do empreendimento de Deysiane.

Nesse diálogo, Juliano, o engenheiro da prefeitura, insinua se Mauri “vai pagar a merenda”, “pra eu parar tudo pra fazer”. Após isso, também segundo as apurações da PF, pede a Mauri que o lembre em horário posterior. No final do diálogo Mauri solicita que Juliano mande a conta, que para a PF, seria a conta bancária. Nesse dia não há resposta de Juliano. 

Porém, no dia 27 de novembro de 2023, Mauri cobra a Juliano “com uma certa pressa” mais uma série de demandas para ele resolver dentro de suas atribuições como ocupante do cargo comissionado que exerce na prefeitura de Cajueiro da Praia. E ao final do diálogo Mauri pergunta a Juliano “qual o seu pix”, sendo respondido com a sequência de número 86981860457, o que leva os investigadores, de posse de outras informações, a comprovar que essa é a chave pix de Juliano.

No dia seguinte, 28 de setembro de 2023, Mauri pergunta a Juliano se ele viu algo na conta. Juliano então diz que viu naquele momento e agradece.

FOTO: REPRODUÇÃO_Informação dos Autos
_Informações dos Autos

A Polícia Federal, ao aprofundar as investigações e após autorização da Justiça, deflagrou a Operação Tratado de Tordesilhas 2, com base, principalmente, nos achados do celular do empresário Mauri Filho. 

Segundo a instituição, o objetivo é “chegar à verdade real aproximada sobre os fatos como para um maior robustecimento das provas já coligidas". 

A Polícia Federal tenta fechar o cerco diante das supostas práticas de crimes de formação de quadrilha, associação criminosa, falsidade ideológica e lavagem de capitais contra um grupo criminoso especializado em fraudar a obtenção de terras da União no âmbito do Programa de Regularizações Fundiárias (REURB).

 Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente essa postagem

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...