7 de jun de 2017

SESI entrega certificados aos parceiros do Ação Global 2017

Re­pre­sen­tan­tes das 92 instituições parceiras do Ação Glo­bal 2017, realizado no dia 27 de maio, no Parque da Cidadania, em Teresina re­ce­be­ram na manhã desta quarta-feira (7), em so­le­ni­da­de rea­li­za­da no pré­dio da Fe­de­ra­ção das In­dús­trias do Estado do Piauí (FIEPI), os cer­ti­fi­ca­dos de par­ti­ci­pa­ção no evento. O Ação Glo­bal foi pro­mo­vi­do pe­lo Ser­vi­ço So­cial da In­dús­tria do Piauí (SESI-PI) e Re­de Glo­bo/TV Clube.

Par­ti­ci­pa­ram da so­le­ni­da­de o superintendente do SESI e di­re­tor re­gio­nal do SENAI, Mardônio Neiva; o diretor de Qualidade de Vida do SESI, Marcos Siqueira e a diretora de educação, Kátia Luz, além de colaboradores do Sistema FIEPI e os parceiros. Na abertura do evento o diretor de Qualidade de Vida do SESI, Marcos Siqueira, agradeceu a participação dos parceiros afirmando que “sem eles o Ação Global não teria o sucesso obtido”. Em seguida mostrou os números alcançados entre os anos de 2011 a 2017, quando iniciou o processo de interiorização do Ação Global no Estado.

Logo depois, o superintendente do SESI, Mardônio Neiva, fez uso da palavra enaltecendo a contribuição de todos. “Primeiro, agradecer por esse momento, que para o SESI é muito especial, porque sem vocês e os voluntários não teríamos atingido o objetivo”. A organização e o compromisso de todos comprovaram porque o povo foi em busca dos  serviços oferecidos. Para se ter ideia, às 5 horas da manhã já tinha gente esperando o Parque abrir para ser atendida e isso permaneceu até ao cair da tarde, principalmente na parte da cidadania.

Mardônio encerrou sua fala dizendo que o evento também serve como resgate de outras atividades, citando como exemplo o próprio Parque da Cidadania, até então desconhecido por uma grande maioria da população de Teresina porque já que não tinha sediado um evento de tamanha envergadura.

Após receber o certificado, o diretor administrativo da Faculdade Santo Agostinho (FSA), Átila de Melo Lira, falou que o Ação Global é importante e serviu para que a faculdade mostrasse os serviços de extensão universitária através de várias atividades voltadas para o bem estar das pessoas, dentre elas, serviços nutricionais; atendimentos fisioterapeutas, físicos, enfim, outras atividades inerentes aos cursos oferecidos pela instituição que dirige.

Natália Reis, diretora do Centro de Atendimento e Inclusão aos Altistas, disse que valeu à pena ser parceria do Ação Global. “Temos a nossa sede localizada no bairro Nova Teresina e até gente que mora lá desconhecia o nosso local de atendimento. Além do Ação Global ter dado mais visibilidade a nossa instituição, ficamos ainda mais conhecidos, pois tivemos a oportunidade de prestar mais de 400 atendimentos”, afirmou.

Jânio Holanda – ASCOM/FIEPI

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...