11 de jun de 2017

COMPRA DE LIVROS SUPERFATURADO NA SEDUC/PI. ROMBO DE R$ 527 MIL

  • A denúncia já está no TCE ( e o TCE investiga alguma coisa contra governo?),a denúncia é contra a Secretária de Educação Rejane Dias, (PT). Ela é acusada de fraudar licitação, (ela ou assessores?), para aquisição de 17 mil dicionários de inglês, OXFORD. O Tribunal informa que na próxima semana deve apresentar relatório sobre o assunto.  Não esqueça que o Presidente do TCE é Olavo Rebelo, petista de corpo e alma e nomeado conselheiro por Wellington Dias. Será que vai dar em alguma coisa mesmo? A coluna acredita que não!! Vamos aos números do rombo pelo superfaturamento e sem licitação legal: a compra dispensou o procedimento legal da concorrência e a Livraria Anchieta é a autora da denúncia, pois os 17 mil dicionários, foram adquiridos sem concorrência, por R$ 73,00 cada um, quando na Anchieta, o mesmo dicionário custa apenas R$ 42,00 – uma diferença a mais de R$ 31,00 reais. Vamos aos cálculos: 17 mil dicionários a R$ 73,00 = a R$ 1.241.000,00 milhão. 17 mil dicionários na Livraria Anchieta a R$ 42,00 x 17 mil = a R$ 714,000,00 mil reais. Isso causou prejuízo à Secretaria de Educação de R$ R$ 527.000 mil reais. Mais de meio milhão de reais. É, isso precisa ser apurado e com o rigor da Lei, afinal, é dinheiro público. Aí tem!!! Pois, enquanto isso falta dinheiro para comprar livros de autores piauienses. O prof. Antônio José Medeiros em sua administração comprava no mínimo 150 livros de qualquer autor piauiense, era norma de sua administração. Mas, Antônio José Medeiros é sociólogo e emérito professor da UFPI. Ah! Sim!! Tá explicado!

  • NOTA DA SEDUC – Em sua defesa, a Secretária Rejane Dias, emitiu nota esclarecendo que a Editora Brasil, vendedora do dicionário, demonstrou por meio de documentação que é revendedora exclusiva do dicionário em apreço e que todo o procedimento obedeceu à legislação vigente! (Tomaz Teixeira)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...