20 de jan de 2017

Carlson Pessoa participa de solenidade de convênio que possibilitará a realização de cirurgias em Parnaíba

O vereador Carlson Pessoa (PPS), participou nesta sexta-feira (20) de uma solenidade na Santa Casa de Misericórdia de Parnaíba, onde o prefeito Mão Santa assinou um convênio entre a prefeitura e o hospital que possibilitará a realização de cirurgias na cidade. Dessa forma, os parnaibanos que até então tinham como única opção se descolar para Teresina, poderão ser atendidos aqui mesmo. Atualmente, até pequenos procedimentos como, por exemplo, cirurgia de fimose, são encaminhados para a capital quando se refere a Sistema Único de Saúde.
Para o parlamentar, esse é o primeiro passo, pois anteriormente o município já dispunha de médicos, mas faltava um centro cirúrgico e o apoio necessário. “Mediante esse convênio com a Santa Casa, os médicos poderão realizar procedimentos cirúrgicos que até então eram inviáveis. Além de ser penoso para o paciente que já está sofrendo com alguma doença precisar ir para a capital, com a assinatura do convênio o município ainda terá uma grande economia, podendo reverter essa verba em outras áreas, como educação e segurança”, disse Carlson.
Mão Santa criticou o que chamou de “encolhimento da saúde parnaibana”, ao lembrar que anteriormente mais pacientes eram atendidos, além de terem mais vagas nos leitos do Pronto Socorro Municipal. Ele frisou também que, para os médicos da época, a possibilidade de um doente ter se tratar em Teresina era tida com uma grave ofensa para os profissionais.

“É inadmissível enviarmos pacientes para fazerem uma simples cirurgia de fimose na capital. Aqui em Parnaíba temos médicos muito competentes, os melhores do Piauí e agora eles aplicarão suas habilidades aqui mesmo, em prol do nosso povo”, disse o prefeito.

As cirurgias serão feitas nas áreas de endoscopia e urologia. De acordo com o secretário de Saúde, Valdir Aragão, foi colocada uma equipe completa à disposição da Santa Casa, sendo dois cirurgiões, um na área urológica e outro em cirurgia geral, além de um anestesista e demais profissionais. “Esse é um marco na saúde de Parnaíba. Recebemos muitos pacientes também do interior dos estados do Ceará e Maranhão, mas ainda tínhamos uma limitação na área cirúrgica. Estamos com o acúmulo de cirurgias até agosto. Planejando fazer um mutirão de cirurgias de hérnia, vesícula, assim como o governo federal tem feito”, adiantou o médico.

A meta é que cada médico realize cinco cirurgias por semana, totalizando 40 ao mês.

Por Luzia Paua. Fotos: Gleitowney Mirana / Ascom

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...