5 de dez de 2016

Vereadores decidem hoje a data de aprovação do Plano Diretor do Município


Os vereadores analisaram durante a sessão ordinária da última sexta-feira (02), as propostas de mudanças no Plano Diretor do Município de Parnaíba. Dentre as mudanças a atualização da quantidade de bairros existentes.

O Plano Diretor é uma diretriz que permite ao município a atualização e alteração de informações sobre a gestão pública a cada dez anos; mas que pode ser alterada antes desse período de acordo com a necessidade. Por exemplo, se aprovado, o atual número de bairros existes em Parnaíba 32, saltará para 46, o que inclui a criação de novos bairros e a alteração dos existentes.

Também ficam atualizadas as zonas estatísticas e todo o mapeamento do município, permitindo a inclusão de CEP em ruas que ainda estão não possuem. 

A presidente da Aserpa (Agencia de Regulação de Serviços Públicos) Rosany Corrêa, estava acompanhada de sua equipe para explicar na câmara como fica o Plano após sua provação. 

Vereadores concordaram e discordaram e a votação que era para acontecer na semana passada foi adiada.

Os vereadores Carlson Pessoa (PPS) e Fátima Carmino (PT), seguiram o mesmo ponto de vista, de que seria necessário um prazo maior para analisar as propostas de mudança “Eu sugiro o adiamento dessa votação, até por que, como nem todos os vereadores tiveram tempo para analisar, depois é aprovado alguma coisa em desacordo com as comunidades, que na minha opinião, é quem deveria ser ouvida aí a culpa será dessa casa” disse Fátima Carmino.

O presidente da Câmara vereador Gustavo Lima (PSB), concordou em parte do que foi proposto, ao explicar que, o executivo já havia enviado aos gabinetes e para a equipe de transição do prefeito eleito Mão Santa (SD), o resumo do que estava sendo discutido ali.
Neste momento a integrante da equipe de transição de Mão Santa, Maria das Graças Nunes Moraes Souza que estava no plenário disse em alta voz que a equipe não recebeu o documento “É mentira nós não recebemos”.

De imediato o presidente da câmara rebateu “Olhe minha senhora, eu nunca tive a necessidade de mentir na minha vida, não vai ser hoje que farei isso, a equipe recebeu sim, por que eu vi” respondeu Gustavo Lima.

Com o clima fora da harmonia foi adiado para esta segunda-feira (05), a decisão de quando os vereadores votarão o Plano Diretor criado em 2007 na gestão do ex-prefeito José Hamilton (PTB).

Fonte: Blog do Tiago Mendes 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...