12 de jun de 2019

Festas Juninas: Tradição, Alegria e Perigo!


Estamos no mês de junho, e nele festejamos as tradicionais festas juninas. Uma oportunidade ímpar de mostrarmos, principalmente às crianças um pouco da nossa cultura. Comidas típicas, danças, fogueiras, muita descontração e diversão, marcam o mês. As três fogueiras em homenagens a Santo Antônio, São João e São Pedro são realizadas e fazem parte da cultura nordestina. E não apenas os sítios e os pequenos vilarejos são adeptos dessa cultura; observa-se que; muitas cidades de médio e grande porte mantêm a tradição viva.

Alergias, Intoxicações e Queimaduras:

Balões e e fogos de artifício provocam muitos acidentes
A fumaça produzida por queima da madeira em fogueiras provoca várias reações ao organismo.
Além das fogueiras, os fogos de artifício, os balões e as bombinhas também fazem parte deste contexto. Trazendo riscos ao meio ambiente e à saúde, principalmente das crianças, idosos e demais pessoas com doenças desencadeadas por alergias a fumaça. 

Os acidentes neste período podem trazer queimaduras graves, os balões podem causam acidentes sérios e as fogueiras, além do uso da madeira de forma indiscriminada prejudicando o meio ambiente, provocam problemas respiratórios.

Para não estragar a folia durante os festejos juninos, é essencial tomar alguns cuidados, pois, quem já é propenso a desenvolver alergias, tem uma ação exacerbada(aumentada) . 

A fumaça causa tosse, asma brônquica, rinite, irritação nos olhos entre outros problemas. O ideal, é ficar longe das fogueiras e fogos de artifício, fato este, muito difícil de acontecer. 

Devem-se fechar portas e janelas, colocando toalhas molhadas nas frestas para impedir a entrada da fumaça. Se os cuidados não forem suficientes e alergia chegar, o ideal é procurar de imediato um serviço de saúde.

Em relação às queimaduras, as pessoas devem evitar segurar os fogos de artifício com as mãos; não tentar acender os fogos que falharem; disparar os fogos apenas ao ar livre e um de cada vez; não deixar as crianças manusearem os produtos;não acender fogueiras jogando álcool diretamente com as mãos e nunca associar bebidas alcoólicas ao uso de fogos.

Em casos de queimaduras, cuidados imediatos devem ser tomados. A orientação é resfriar a área atingida com água corrente por um período de 5 a 10 minutos. Após o resfriamento do local queimado, a vítima deve ser encaminhada para uma unidade de urgência e emergência mais próxima. A recomendação é que não se deve usar substâncias como gelo, água gelada, manteiga, café em pó, creme dental e plantas na lesão, para não agravar o ferimento.

Para não estragar a folia durante os festejos juninos , é essencial tomar alguns cuidados:

• Crianças  somente devem ter contato com fogos leves e acompanhados de pessoas adultas
• Mesmo os adultos precisam observar recomendações, como só soltar foguetes utilizando varas longas, não usar fogos em ambientes fechados e não apontá-los para pessoas ou janelas
• Muito cuidado também com as fogueiras e jamais realimente o fogo com álcool, pois a garrafa pode explodir.
• Não permita que seus filhos adquiram fogos de artifício
• Acidentes graves podem acontecer com crianças ou adultos que transportam e utilizam fogos de artifícios de forma irregular.
• Nunca transporte estes artefatos nos bolsos, pois, se eles se inflamarem você certamente será atingido.
• O perigo dos fogos de artifício é indiscutível. Se uma bombinha explodir nas mãos de uma criança ou próximo de seus olhos, poderá causar mutilação ou cegueira.
• Deixar caixas de fósforos e/ou isqueiros ao alcance das crianças é uma imprudência. A atração que o fogo exerce sobre as crianças pode ter consequências extremamente danosas.
• Em caso de acidentes, a orientação  é colocar a área atingida em água corrente até o alívio da dor, não usar nenhuma pomada ou substância sobre a lesão e procurar imediatamente atendimento especializado na unidade de saúde mais próxima.

Devemos aproveitar esta época do ano, mas com responsabilidade e sobretudo zelar por nossa saúde em todos seus aspectos.


Dr. Kleber Aurélio (Farmacêutico) l Jornal  da Parnaíba

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...