16 de mai de 2018

Ícaro PHB - Educação Técnica e Profissional


Toda atividade de trabalho realizada a 2 metros (acima ou abaixo) do solo, que ofereça risco de queda é considerada trabalho em altura. Confira algumas dicas para garantir a segurança dos funcionários e evitar multas para a empresa:

- Planejar, organizar e implementar medidas de segurança para os colaboradores;
- Investir sempre em prevenção de acidentes;
- Seguir as orientações da NR 35;
- Acompanhar as atualizações nas legislações referentes à acidente de trabalho (principalmente em trabalho em altura).

Equipamentos de Proteção Individual são indispensáveis para segurança dos trabalhadores. Muitos desses acessórios de segurança também são usados por quem pratica esportes radicais como escalada e rapel.
De acordo com a Norma Reguladora 35, o comprometimento com a segurança nas atividades que envolvem trabalho em altura é obrigação tanto dos empregados quanto de empresários.

Cabe aos empregadores:
- Implementar todas as medidas de proteção da NR 35;
- Adotar medidas de segurança;
- Estudar sempre novas possibilidades de medidas de segurança que podem ser aplicadas;
- Trabalho supervisionado pelo responsável em Segurança do Trabalho;
- Fazer Análise de Risco.
Caso todas essas obrigações não sejam cumpridas, a empresa poderá sofrer as seguintes penalidades.
- Auto de infração: Quando a fiscalização flagrar o descumprimento das normas reguladoras do trabalho em altura;
- Interdição: Quando a fiscalização flagrar risco de acidentes (seja iminente ou grave);
- Multa: Pode variar entre R$6.078,09 e R$ 402,23 por infração. O valor será determinado pelo fiscal levando em conta o porte a empresa e a gravidade do ato de infração. 

https://www.terra.com.br/noticias/dino/trabalho-em-altura-dicas-para-evitar-acidentes-e-multas,39f3a6f74a14c6d952e2cce5cbf2a051cye6wig2.html

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...