23 de ago de 2017

BANCA AVALIA PROJETOS DE INOVAÇÃO DOS ALUNOS DO SENAI EM PARNAIBA


Com o olhar voltado para soluções inovadoras, alunos dos cursos técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), do Centro de Formação Profissional José de Moraes Correia, em Parnaíba, realizaram na manhã desta terça-feira (22), a apresentação de seis projetos desenvolvidos a partir dos problemas reais da indústria brasileira, identificados na plataforma do Desafio SENAI Projetos Integradores.

O desafio tem como objetivo desenvolver nos alunos a capacidade de trabalhar em equipe, promover ações inovadoras e provocar o pensamento empreendedor, encontrando soluções para problemas que produzam valor à sociedade.


Entre os projetos, estão: “Hydrocloud System“, “Placas Cami’s”, “Lacglufree”, “Maniutilyt” e “Essência Nordestina”. Os projetos vão desde o controle do uso responsável do consumo da agua até a criação de uma pomada cicatrizante a base de alho. Estes resultados refletem o trabalho de pesquisa dos grupos formados por quatro alunos e dois professores orientadores.  



As equipes estão sendo avaliadas pela banca local, composta por especialistas, empresários e instrutores, e as melhores soluções serão indicadas para etapa nacional, onde serão escolhidas as melhores soluções para cada desafio. As equipes vencedoras serão premiadas em novembro, em Brasília.


Para o Diretor Regional do Senai Piauí, Mardonio Neiva, a importância da ação para a educação profissional dos alunos, significa buscar ao máximo as demandas do setor industrial. Mardônio disse durante a apresentação das equipes em Teresina, estar orgulhoso pela classificação em 2º lugar na etapa nacional do ano passado e pediu apoio e compreensão dos alunos para que o Piauí se sobressaia novamente entre as melhores propostas.


Segundo o presidente da Fiepi, Zé Filho, o Desafio Senai de Projetos Integradores cria um ambiente educacional atrativo, incentivando os estudantes dos cursos técnicos do Senai no caminho do empreendedorismo e vislumbrando novas oportunidades no real contexto em que estão inseridos. “O projeto permite que estes jovens estejam mais preparados, com uma bagagem diferenciada de conhecimento e com uma porta aberta para o mercado de trabalho e a empregabilidade”, conclui o presidente.






Por Monica Pessoa – Ascom Fiepi


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...