24 de jul de 2017

Inscrição de 1616 pode mudar a história do Piauí

Revista Cidade Verde fala da polemica sobre a Capela de Nossa Senhora do Rosário da Frecheira da Lama no município de Cocal da Estacão no norte do estado do Piauí.
Capa da Edição 167 da Revista Cidade Verde
Uma antiga capela de Frecheira da Lama, povoado a 8 quilômetros da cidade de Cocal da Estação, vem chamando a atenção de pesquisadores, historiadores e arquitetos. A polêmica gira em torno de uma inscrição datada de 1616, colocada em uma das torres da capela. Especula-se que este possa ser o ano de sua origem. Se for verdade, este seria o templo católico mais antigo do Piauí. Essa discussão estampa a capa da Edição 167 da Revista Cidade Verde, que já está nas bancas. Logo na capa a pergunta polêmica: Frecheira. Seria este o primeiro templo católico do Piauí?

No litoral do Piauí a capela de Nossa Senhora de Monteserrathe da Parnahiba datada de 1711, é considerada o templo católico mais antigo e seus documentos que comprovam esta situação estão sob a guarda do Arquivo Público do Maranhão, originais do Bispado desta capitania a qual o Piauí era então ligado.

Jornal da Parnaíba com informações do Cidade Verde

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...