25 de jul de 2017

Férias de Julho no Litoral do Piauí

Ao contrário do especulado por muitos, as coisas não estão muito boas para os comerciantes do ramo alimentício no litoral do Piauí. Conversando com alguns proprietários e funcionários, a reclamação é uníssona: O mês de julho deste ano não está sendo positivo. Não há lotação nas pizzarias, restaurantes e afins e o "fenômeno" é bastante compreensível. Não estamos conjecturando a suposta crise, pois o que se observa é uma mudança de comportamento para enfrentar a exploração desenfreada do setor, que obrigou os consumidores a já chegarem com uma filial da dispensa de casa, saindo para comer fora somente o necessário.
Há relatos de cerveja simples custando entre R$ 12 e 15, e piriguetes a R$5,00, bem como peixadas batendo facilmente R$140,00, carnes a R$ 140,00 o Kg e por aí vai. Os turistas estão preferindo alugar imóveis por temporada e estocando bebidas e alimentos trazidos de suas cidades. Até o movimento dos supermercados não é o mesmo. A justificativa estapafúrdia de que é preciso ganhar em um mês o lucro de seis, está equivocada e prova que trabalha contra o turismo e criação de empregos no setor. Os hotéis e pousadas estão com lotação máxima, com os turistas fazendo suas refeições nestes locais, que geralmente costumam oferecer produtos de melhor qualidade e a preços mais atrativos. Isto apenas prova que há uma mudança séria de comportamento e se os comerciantes não abrirem os olhos, em pouco tempo seus negócios cairão na inviabilidade.
Em resumo: Se não houver mudança de mentalidade, o nosso Litoral em pouco tempo vai estar cheio de turistas que não consomem, que não geram renda para o litoral, justamente por que estão cansados de tanta exploração. Notem que nenhuma orla sobrevive com bar único, hotel único e pousada única, por isto não se pode julgar o movimento de UM local, pelo restante. Em conversa com amigos, a reclamação sobre os preços cobrados beira o ridículo. Os únicos locais realmente movimentados são os que oferecem algum plus, como parquinho, estacionamento facilitado e afins.
A sensação principal é que Parnaíba e Luis Correia estão se transformando em pontos de apoio, enquanto Coqueiro e Barra Grande, nadam de braçadas....
E vocês? Qual a sua percepção do mês de julho em nosso litoral?

Fonte: Gastronomia em Parnaíba
Facebook - Sebastião Fortunato

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...