20 de jul de 2017

Comandante Geral da PM anuncia o envio de 80 policiais para Parnaíba


A portas fechadas no gabinete da presidência da Câmara Municipal de Parnaíba, foi debatida por mais de duas horas a questão da insegurança pública em Parnaíba. O tema e possíveis soluções para a bandidagem na cidade aconteceu com a presença do Comandante Geral da Polícia Militar do Piauí, Coronel Carlos Augusto, o secretário estadual de Segurança, Fábio Abreu, o comandante do 2° BPM de Parnaíba, Major Lucena e os vereadores.

Ao ser indagado pela reportagem de o Blog do Pessoa sobre a crescente onda de violência na cidade, o Coronel Carlos Augusto disse que ainda este ano serão admitidos 80 policiais militares para Parnaíba. A relação dos profissionais que serão enviados será divulgada na próxima segunda-feira (24). Ainda de acordo com ele, o processo do concurso está em andamento e os profissionais iniciarão em outubro o Curso de Formação de Oficiais.

O Coronel disse que a PM tem feito sua parte em localizar e prender os infratores e cobrou também a contrapartida do Ministério Público e do Judiciário. “Essas pessoas já foram presas reiteradas vezes pela Polícia Militar. O Ministério Público e o Judiciário julgaram essas pessoas? Por que elas voltaram para as ruas, para voltarem a cometer crimes? É preciso que a gente divida a responsabilidade”, ponderou.

Questionado sobre o sucateamento dos veículos, munição e falta de estrutura para o Comando, o Coronel Carlos Augusto rebateu sustentando que a corporação de Parnaíba possui 14 viaturas, número suficiente para atender a região e que o armamento é o mais moderno do País. “Temos os carros e o armamento mais modernos do Brasil. É o mesmo que a polícia de São Paulo usa”, garantiu.

O líder do governo municipal na Câmara e um dos que propôs a vinda das autoridades estaduais, vereador Carlson Pessoa (PPS), destacou a discussão como positiva. “Ganharemos 80 novos profissionais que estão fazendo muita falta em nossa cidade. O secretário Fábio Abreu nos informou que algumas providências no âmbito da Polícia Civil estão sendo tomadas, como a inauguração da Nova Central de Flagrantes nos próximos dias, maior apoio ao grupo de investigação e, além disso, será deixado um efetivo permanente de 30 policiais especiais do Bope e do Rone. Esperamos que com essas medidas possamos frear essa bandidagem na cidade”, afirmou.

Carlson também voltou a ressaltar as cobranças que ele tem recebido da população e da corporação quanto ao comando da Polícia Militar local, reafirmando que o comando da instituição precisa ser mais operante e presente.

Por Luzia Paula. Fotos: Gleitowney Miranda / Ascom 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...