3 de mai de 2017

Repórter de jornal é a pior profissão de 2017, aponta estudo

- Foto: Pixabay
Um estudo realizado nos Estados Unidos pela consultoria CareerCast apontou a profissão de repórter de jornal como a pior de 2017.
Segundo a Folha de São Paulo, o levantamento apontou que a expectativa de crescimento no emprego para os repórteres é de -8%.
São considerados no estudo dados como competitividade, grau de interesse e riscos à segurança pessoal.
O segundo lugar na pesquisa também ficou para área de comunicação, especificamente para os profissionais de rádio e TV.
Na terceira posição aparecem os lenhadores, que ganham US$ 3,1 mil por mês nos Estados Unidos, quase o mesmo que os repórteres.
Fonte: 180graus

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...