24 de mai de 2017

Por que as fraudes em concursos da Uespi não são tratadas como grande escândalo?

Desabafo

O reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), professor Nouga Cardoso, publicou ontem um desabafo nas redes sociais contra os críticos do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe).
“A UESPI e sua comunidade precisam de apoio, não de julgamentos irresponsáveis e mesquinhos. Uma nação se faz com instituições fortes e o principal das instituições sempre será seus recursos humanos.”, prega.

E os concurseiros?
Está certo o reitor. E as críticas que a Uespi vem recebendo nos últimos dias têm o sentido de contribuir para que alcance o pódio nos quesitos da competência e da credibilidade.
Ou o reitor acha pouco que tenham sido descobertas fraudes nos últimos quatro concursos realizados pelo Nucepe, na área de segurança?
Como os candidatos que se inscreveram de boa fé nesses concursos estarão se sentido?

Escândalo
Se o governo fosse outro e se a oposição também fosse outra no Piauí, essa sucessão de fraudes nos concursos realizados através da Uespi já teria sido mostrada como um escândalo.
Como nada disso aconteceu, o próprio governador Wellington Dias, num gesto de bom senso, tomou a iniciativa de autorizar ontem a contratação de outra instituição para realizar o concurso da PM anulado por fraude.
Que o concurso ande, com lisura!
(Zózimo Tavares)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...