16 de fev de 2017

Piauí não aparece entre as praias impróprias para banho no verão 2017

Em pleno verão, os brasileiros precisam ficar atentos na hora de viajar pelo litoral do país. Na temporada 2017, mais de 150 pontos de praias foram classificados como impróprios para banhistas.
Resultado de imagem para praias luis correiaDe acordo com o levantamento realizado por EXAME.com, 14 unidades da federação estão com locais em que a qualidade da água está comprometida. Eles recebem essa classificação quando apresentam alta concentração de bactérias.
Santa Catarina registra hoje o maior número de locais inadequados para banho de mar: entre os 214 pontos monitorados no estado, 71 estão poluídos e devem ser evitados. Em contrapartida, no Maranhão, apenas um ponto (entre 21) foi considerado impróprio.
Para o presidente-executivo do Instituto Trata Brasil (ITB), Édison Carlos, a questão da qualidade das praias é grave. “Durante o verão, os sistemas de tratamento não dão conta do volume de pessoas e, devido ao funcionamento irregular, o esgoto é despejado no mar”, diz.
Segundo o especialista, a pessoa que entra em contato com a água contaminada pode contrair o vírus da Hepatite A, problemas gastrointestinais, verminoses, micoses e até conjuntivite.
Para conter o problema, segundo o presidente-executivo, as prefeituras deveriam investir recursos em saneamento ambiental, que envolve o tratamento da água e do esgoto, drenagem da chuva e coleta de resíduos sólidos.
“O uso de tanques de armazenamento de esgoto, por exemplo, seria uma solução para conter o  volume no momento de pico e evitar o despejo da sujeira em locais impróprios”, afirma. “As praias brasileiras deixam muito a desejar”.
Veja as praias não recomendadas para banho no Brasil.
Por: Denílson Freitas/Blog do Pessoa com informações da Exame.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...