15 de fev de 2017

Cancelamento de 5 agências do BNB no Piauí é tema de audiência no Procon

Com o objetivo de tentar reverter a decisão do Banco do Nordeste (BNB) de fechar a agência BNB Jóquei, o Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF-PI) participa de audiência pública, nesta quarta-feira (15), no Procon-Ministério Público Estadual. A reunião começa a partir de 9h.
Além de fechar a agência do BNB do Jóquei, a direção do BNB deixará de abrir  outras cinco agências que estavam previstas para o Piauí. Elas seriam instaladas no interior do Estado – em Castelo do Piauí, Canto do Buriti, Santa Filomena, Picos e Parnaíba.
O presidente do SEEBF-PI, Arimatea Passos, afirma que todos os bancos públicos “têm sofrido ataques na forma de reestruturação”. O sindicalista defende que o processo de fechamento de agência é um retrocesso.
“O Sindicato vai acompanhar passo-a-passo de toda movimentação que houver. Já nos reunimos com a superintendência do BNB no Piauí no sentido de acompanhar esse processo para que os trabalhadores sejam tratados com justiça. Estamos acompanhando esse processo em todos os bancos públicos, e essa audiência é mais uma batalha na defesa da permanência e expansão desse banco que é tão importante para o desenvolvimento de nossa região”, disse Arimatea.
Marcus Vinícius, diretor sindical da categoria, ressalta que é preciso a mobilização e participação dos empregados na audiência. Ele cita que em 2016 o BNB aplicou R$900 milhões de reais só com o microcrédito, através do Programa Crediamigo e R$ 262 milhões através do programa Agroamigo.
“Temos que nos unir, fortalecer e defender o BNB, por isso é importante a presença de todos. Nossa intenção é justamente mostrar a importância do banco e a falta que ele fará nessas cidades onde o banco não mais abrirá as agências previstas”, esclarece Marcus.
Além do Sindicato dos Bancários, participarão da audiência representantes do BNB, SEBRAE–PI, Associação Comercial, Associação Industrial, Sindicato de Trabalhadores Rurais, além de empregados do BNB prejudicados com o fechamento.
No Piauí, cerca de 25 empregados do banco serão impactados com as mudanças. O Sindicato dos Bancários critica as alterações e acusa que “na atual conjuntura político econômica do Brasil, essa decisão do banco enfraquece o  Piauí e a classe trabalhadora”.
“Esse é um momento de retrocesso, de enxugamento para a privatização. É o projeto neoliberal e como o BNB é um banco regional, é mais fácil venderem ou privatizarem. Essa é a nossa grande preocupação, por isso essa audiência no Procon, assim como todas as ações em defesa do banco, é muito importante e necessita do apoio de todos nós”, comenta Lusemir Carvalho, diretora sindical.
A previsão dada pelo banco é de que a agência Jóquei seja fechada dia 02 de março. No geral, em todo o Nordeste, 138 funcionários serão prejudicados com o fechamento de agências. Com a reclassificação, 130 agências serão rebaixadas, 59 serão promovidas e 117 permanecerão como estão.
Já o Plano de Incentivo a Demissão (PID) apresentado pelo banco tem um total de 1500 empregados elegíveis que se enquadram nas regras do plano. Com a reestruturação restarão apenas três funções no banco – Gerente de relacionamento, Gerente administrativo e Analista de negócios.
Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...