5 de dez de 2016

REVISTA CLÁUDIA DESTACA MISS PIAUIENSE - Durante oito anos, Renata Lustosa foi agredida fisicamente pelo companheiro.



A ex-miss Piauí, Renata Lustosa, é um dos destaques da mais recente edição da revista CLAUDIA. Durante a entrevista, Renata narrou o seu drama pessoal aos leitores. Linda e bem sucedida, as agressões que a ex-miss sofria por parte do seu ex-marido, o empresário Leonardo Ramos Henriques, eram desconhecidas por muitos. "Realmente não se pode tolerar mais isso, em pleno século XXI. Infelizmente, nossa 'cultura' ainda é muito machista. Acredito que depois da lei Maria da Penha ajudou muito as feministas a tomarem atitudes, apesar da justiça não ser tão eficaz, mas acho que ajuda, sim, a deixar os homens a pensarem um pouco mais sobre o respeito com as mulheres. E, de tudo, ainda estou muito abalada com meu filho, mas eu falo que se pelo menos eu tiver ajudando algumas mulheres, incentivando a denunciar, sair de uma vida, de uma prisão, de está apanhando, que isso não é vida para ninguém, ainda mais quem tem família, filho, se eu estiver ajudando, vou falar que para alguma coisa, a repercussão foi positiva", disse a Miss, em conversa com a coluna.


Renata Lustosa

A história veio à tona apenas no dia 24 de novembro quando a modelo postou um vídeo em sua conta no Instagram no qual denunciava o ex-companheiro. Aos prantos e com o rosto sangrando, o drama de Renata tomou grandes proporções. Hoje, Renata é uma ferrenha defensora da Lei Maria da Penha e pede que as mulheres não se calem diante da violência.
Violência

Por medo das constantes ameaças de morte, a ex-miss Piauí sentia-se coagida a não procurar a lei. O primeiro Boletim de Ocorrência foi feito no ano passado, mas a violência não cessou. Pelo contrário: passou a acontecer com mais frequência e intensidade. Após a repercussão do vídeo e com as inúmeras mensagens de apoio, Renata decidiu oficializar a denúncia contra o ex-companheiro na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Teixeira de Freitas, cidade baiana na qual residia.

Fonte: cidadeverde

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...