18 de dez de 2016

Irregularidades no Lixão de Parnaíba voltam a prejudicar a população

Quem reside nos bairros do Sabiazal e adjacências continua sofrendo com os inúmeros problemas e irregularidades do Lixão de Parnaíba. Um internauta relata que devido o mal cheiro insuportável que vai para as comunidades, nesta semana ele foi até o Lixão e constatou que as limpadoras de forças da cidade e a empresa Cobrasil continuam despejando dejetos no local.

Em setembro do ano passado o vereador Carlson Pessoa fomentou um debate por meio de uma audiência pública com o Ministério Público, representantes da Comissão de Defesa do Meio Ambiente da OAB, da Companhia de Águas e Esgotos do Piauí (Agespisa), da empresa de couro Cobrasil Ltda, gerentes das limpadoras de fossas e membros da Secretaria de Serviços Urbanos e Defesa Civil da Prefeitura de Parnaíba.

Na época, o engenheiro da Agespisa, Simon Bolívar propôs a construção de uma Usina de Tratamento com empresas privadas, por meio de consórcio, sendo que o procedimento seria realizado através de um tanque de equalização. O gerente da Cobrasil, Jordi Codina, disse que eles estariam planejando a construção do aterro sanitário próprio. Já o município, por meio do secretário de Serviços Urbanos e Defesa Civil, Paulo César, se comprometeu a fazer um estudo financeiro dos gastos para a construção da obra do tanque de equalização. Entretanto, a realidade é que mais de um ano se passou desde o comprometimento das partes envolvidas, sem que as mesmas tenham cumprido com o prometido na audiência.

Por Luzia Paula



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...