26 de nov de 2016

Miss Piauí 2011 registra B.O, agradece apoio e pede que vítimas denunciem agressor

A Miss Piauí 2011, Renata Lustosa, agradeceu as mensagens de apoio e carinho que vem recebendo, após denunciar nas redes sociais, na quinta (24), a agressão do ex-marido, que não teve a identidade revelada. Durante o vídeo de agradecimento, postado ontem (25), Renata pede que as mulheres não se calem diante da violência doméstica e que denunciem os seus agressores. 
Renata realizou o exame de corpo de delito e registrou boletim de ocorrência na tarde de sexta. 
“Olá pessoal, eu estou aqui em frente à Delegacia da Mulher, acabando de prestar queixa e fazer (exame de) corpo de delito. Eu quero muito agradecer a todos os recados, mensagens e ligações de carinho, das pessoas me dando apoio. Enfim, estou muito melhor, pois fiz a coisa certa e deixo o recado para vocês, mulheres: tomem essa atitude, denunciem o agressor”, declarou.
No vídeo em que denuncia a agressão, a modelo aparece com sangramentos no nariz e marcas no pescoço, possivelmente, de tentativa de asfixia. Segundo a piauiense, o espancamento ocorreu na frente no filho do casal de apenas dois anos de idade. 
Renata Lustosa é natural de Campo Maior-PI, mas havia se mudado há algum tempo para a cidade de Teixeira de Freitas, no interior da Bahia.
"Mais uma vez eu sofri agressão física. Por causa de uma coisa banal, uma briga, uma mentira. Por mais que eu e ele estejamos errados, nada justifica um homem bater em uma mulher...com o nosso filho vendo tudo na frente, meu filho vendo tudo", relatou no vídeo denunciando a agressão. 
Em outro trecho, Renata Lustosa comenta que já foi ameaçada de morte pelo ex-companheiro. 
Investigação
Após divulgação das imagens, a diretora de gestão interna da Secretaria de Segurança do Piauí, delegada Eugênia Villa, enviou solicitação à Secretaria de Segurança da Bahia para cobrar que o caso seja investigado. 
O Cidadeverde.com entrou em contato com a Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (DA) de Teixeira de Freitas. Por telefone, a delegada Andressa Carvalho informou que já recebeu o vídeo e que a Polícia Civil apura as informações. 


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...