18 de nov de 2016

Cunhado confessa 'ato sexual' com neta de Sarney

Com a confissão de Lucas Porto de que teria matado Mariana Costa e que também teria feito relações sexuais com ela, o secretário de Segurança do Maranhão, Jerfferson Portela, agora trabalha na possibilidade de fazer uma reconstituição do crime, ocorrido no último dia 13. 
Para o secretário é fundamental a reconstituição da cena de todos os acontecimentos para que se esclareça o que de fato aconteceu dentro do apartamento de Mariana Costa. A reconstituição também serviria, segundo Portela, para reforçar o embasamento do processo e consequentemente a pena do acusado. 
O secretário lembrou que a linha de investigação não muda. "Houve violência de natureza sexual. Esta foi a manifestação dele. Negou no primeiro momento a autoria do crime, mas declinou agora. Contudo, não muda nada na ação da polícia".
A polícia também afirmou que já há prova suficiente para acusar Lucas Porto do crime. O resultado da perícia sai na próxima terça-feira (22) e segundo o secretário, a previsão é de que na próxima quarta o inquérito do crime que abalou a sociedade maranhense será encerrado. 
Preso isolado
Lucas Leite Ribeiro Porto está preso desde o dia do crime no Complexo Penitenciário São Luís, em Pedrinhas. Com a repercussão do caso, ele já sofreu agressões de outros presos e, para manter sua integridade física, Lucas foi mantido isolado. 

 Fonte: O Imparcial

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...